Iniciativas de Segurança

  • Guide Signs

    Substituição de placas de orientação

    "Placas rodoviárias suspensas devem ser altamente visíveis e legíveis para que os motoristas possam detectar, ler e interpretar as informações contidas nas placas a tempo de responder adequadamente".

    Avaliação do novo material refletivo para sinalização rodoviária
    Bullough, et al
    Rensselaer Polytechnic Institute
    Research Report No. C-05-08
    Julho 2008

    As placas de orientação são ferramentas importantes para que os motoristas dirijam com segurança - especialmente em rodovias de alta velocidade e grande volume de trânsito. Motoristas podem perder o foco na direção e fazer manobras erradas, como diminuir a velocidade ou parar na estrada, retroceder em rampas ou virar bruscamente. É importante que as placas de orientação sejam altamente visíveis e legíveis tanto de dia como de noite.

    Diversos fatores prejudicam o desempenho noturno das placas de orientação. Por exemplo, faróis direcionáveis visual ou oticamente que possuem um feixe horizontal definido e que iluminam pouco as placas suspensas. Além disso, atualmente, há uma ampla gama de tamanhos de veículos nas estradas e as placas têm desempenho diferente para os motoristas de veículos de grande porte. Estes motoristas têm um "ângulo de visão" (ângulo entre os faróis do veículo e os olhos do condutor) maior e normalmente recebem menos luz retrorrefletida das placas. Por fim, a população está envelhecendo e o número de motoristas idosos está aumentando. Em 2020, por exemplo, o número de pessoas com 65 anos ou mais ultrapassará os 50 milhões nos EUA. Pessoas idosas têm acuidade visual menor e se beneficiam de placas com películas refletivas de alto desempenho. A película refletiva 3M™ Grau Diamente Cúbico™ GD3 foi projetada para proporcionar o desempenho ideal a todos os tipos de placas - inclusive em locais desfavoráveis - e atendem às necessidades visuais de todos os motoristas.

    Para se ter uma ideia, departamentos estaduais de trânsito em todo os EUA estão procurando maneiras de melhorar a visibilidade das placas de orientação e economizar dólares dos contribuintes. Muitos estão encontrando uma solução que atende os dois objetivos, atualizando placas de orientação feitas com películas refletivas de alto desempenho "full cube" (micropoliedros) da 3M e que, ao mesmo tempo, reduzem os custos de manutenção e energia, desligando placas de orientação luminosas. Ainda existem níveis mínimos de desempenho para placas de orientação e de identificação. Esses tipos de placas estão excluídos da data de implementação do método de avaliação e gestão (junho de 2014). A regra final estabelece que "os tipos de placas que não sejam regulamentares ou de advertência devem ser adicionados ao método de gestão ou de avaliação de uma agência, conforme os recursos permitirem".


  • Financiamento

    Conforme o MAP-21, os programas de substituição de placas de orientação podem ser incluídos no NHPP (Programa Nacional de Desempenho Rodoviário nos EUA) que tem a finalidade de melhorar as condições e o desempenho do NHS (Sistema Rodoviário Nacional nos EUA). O programa permite aos estados maior flexibilidade para abordar as necessidades mais importantes de rodovias e pontes no NHS e mantém os estados responsáveis por melhorar os resultados e o uso eficiente dos impostos. O financiamento do NHPP é de 43,7 bilhões de dólares para os dois anos cobertos pelo MAP-21.

    As disposições do NHPP incluem:

    • Construção, reconstrução, recondicionamento de superfícies, restauração, reabilitação, preservação ou aperfeiçoamento operacional de segmentos do Sistema Rodoviário Nacional (inclusive pontes e túneis).
    • Inspeção e avaliação de ativos da infraestrutura rodoviária no Sistema Rodoviário Nacional, inclusive placas e estruturas da sinalização.
    • Melhorias na segurança rodoviária para segmentos do Sistema Rodoviário Nacional.
    • Desenvolvimento e implementação de um plano estadual de gestão de ativos para o Sistema Rodoviário Nacional, incluindo a coleta, manutenção e integração de dados e o custo associado à obtenção, atualização e licenciamento de software e equipamentos necessários para a gestão de ativos baseados no risco e no desempenho.

    O financiamento também está disponível por meio do STP (Programa de Transporte de Superfície nos EUA), projetado para dar aos governos estaduais e locais ampla flexibilidade para investir em projetos de rodovias, trânsito e pedestres/bicicletas que atendam às suas necessidades e prioridades particulares. A metade dos fundos do STP de cada estado deve ser dividida entre as áreas do estado com base na população, enquanto a metade restante pode ser usada em qualquer área do estado. O financiamento do STP é de 20,1 bilhões de dólares para os dois anos cobertos pelo MAP-21.

    As disposições do NHP11P incluem:

    • Construção, reconstrução, recondicionamento de superfícies, restauração, reabilitação, preservação ou aperfeiçoamento operacional de estradas.
    • Inspeção e avaliação de ativos rodoviários, incluindo placas.
    • Melhorias e programas de infraestrutura de segurança rodoviária, incluindo estradas locais e rurais.
    • Desenvolvimento e implementação de um plano estadual de gestão de ativos para o SNS.

    Outra alternativa de financiamento é o HSIP (Plano de Melhoria da Segurança Rodoviária nos EUA), um mecanismo essencial de financiamento de projetos de melhoria da segurança. Os fundos do HSIP quase duplicaram em 2013 e 2014 - de 1,3 bilhão de dólares em 2012 para 2,39 bilhões em 2013 e 2,41 bilhões em 2014.

    Os projetos que podem ser incluídos no HSIP incluem instalação, substituição e outras melhorias das placas rodoviárias e sinalização viária ou um projeto para manter os níveis mínimos de retrorrefletividade; um projeto para manter os níveis mínimos de retrorrefletividade, independentemente de ser incluído em um plano estratégico de segurança rodoviária estadual; melhorias sistêmicas de segurança (ou seja, uma melhoria extensivamente implementada com base em características de rodovias de alto risco que estejam relacionadas ao tipo de acidente em vez da frequência); e coleta, análise e melhoria dos dados de segurança. Projetos de "níveis mínimos de retrorrefletividade" foram incluídos na lista de melhorias de segurança. Dessa forma, placas de trânsito e sinalização viária podem ter financiamento federal de até 100%.

Outros Sites 3M
Onde Comprar
Siga-nos
Mudar localização
Brasil - Português