• Dicas do Expert: Cimentação

    abril 03, 2018

    Dicas do Expert: Cimentação

    • A cimentação de restaurações indiretas é um tema relativamente complexo, quando leva-se em consideração todos os cuidados que devem ser tomados e todas as etapas a serem seguidas nessa fase do procedimento restaurador. O tratamento da restauração indireta, o tratamento do substrato, a seleção do sistema de cimentação mais adequado para cada caso específico, são pontos que costumam gerar dúvidas. A 3M tem um linha completa de cimentos – Família RelyX™, que possibilita que o Profissional tenha poder de escolha, selecionando o melhor sistema de cimentação para cada caso clínico. A linha de cimentos da 3M conta com tecnologias e grandes diferenciais que agregam praticidade e segurança nos procedimentos clínicos.

      Visando discutir e esclarecer algumas dúvidas de cimentação, convido todos a conferir as Dicas do Expert Prof. Dr. Rodrigo Othávio, que aborda neste breve artigo dois sistemas de cimentação da 3M, o RelyX™ U200 – Cimento Resinoso Autoadesivo, e o RelyX™ Ultimate – Cimento Resinoso Adesivo.

    • Rodrigo Othávio de Assunção e Souza

      • Professor Adjunto da Disciplina de Prótese Fixa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Natal/RN
      • Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação da UNESP (Nível Mestrado e Doutorado) – São José dos Campos/SP
      • Professor do Programa de Pós-Graduação da UFRN (Nível Mestrado e Doutorado), Natal/RN;
      • Professor do Curso de Especialização em Prótese Dentária da UFRN - Natal/RN1;
      • Coordenador do Projeto de extensão “Próteses Fixas Livres de Metal” – UFRN, Natal/RN
      • Mestre e Doutor em Prótese Dentária – UNESP – São José dos Campos/SP
      • Especialista em Prótese Dentária - UNIP - São Paulo/SP

    • RelyX™ U200 & RelyX™ Ultimate: como selecionar o cimento ideal?

      A cimentação final de restaurações protéticas confeccionadas nos mais variados materiais restauradores é sempre motivo de muito questionamento por parte de clínicos e especialistas. Tal fato é perfeitamente compreensível quando se leva em conta os seguintes aspectos:

      1) a grande diversidade de materiais restauradores indiretos existentes no mercado Odontológico (cerâmicas vítreas, cerâmicas cristalinas, cerâmicas infiltradas por polímeros, resina nano-cerâmica, polímeros, metal, etc);
      2) a especificidade do tratamento de superfície de cada material previamente a sua cimentação e
      3) a imensa variedade de agentes cimentantes nas suas mais diversas formas de apresentação, composição e indicação.

      Apesar da descimentação (debonding) de coroas e pontes não representar a falha mais frequente neste tipo de tratamento restaurador, ela é uma sempre muito desagradável tanto para o profissional quanto para o paciente. Neste sentido, buscarei simplificar no presente artigo a etapa de cimentação final com dois cimentos resinosos distintos, o RelyX™ U200 e o RelyX™ Ultimate. Mas antes, é importante entendermos estes dois agentes cimentantes.

      O RelyX™ U200 é um cimento resinoso autoadesivo dual que dispensa o condicionamento prévio com ácido fosfórico bem como a utilização de agentes de união como o primer e adesivo, graças a presença de monômeros de metacrilato contendo grupos de ácido fosfórico em sua composição os quais proporcionam o condicionamento da dentina com baixo risco de sensibilidade pós cimentação. Monômeros específicos também possibilitam a este cimento uma razoável adesão a diversos substratos como cerâmicas cristalinas (ex: zircônia) e metal, sem qualquer tratamento prévio. A grande vantagem deste cimento é a simplicidade da técnica, proporcionando uma cimentação rápida, simples e efetiva. Entretanto, os princípios mecânicos dos preparos passam a ser um ponto importante quando se trabalha com este cimento. Preparos totais com altura acima de 5 mm e expulsividade de 60-100 reduzem muito o risco de descimentação de coroas quando se utiliza esse cimento, sendo esta a situação clínica com maior indicação o RelyX™ U200. A avaliação da altura do preparo pode ser feita clinicamente com o auxílio de uma sonda periodontal milimetrada.

      Já o RelyX™ Ultimate é um cimento resinoso convencional dual que quando associado ao sistema adesivo Single Bond Universal (SBU) apresenta uma série de vantagens em relação a diversos agentes cimentantes da mesma categoria. A versatilidade é, sem dúvidas, uma grande vantagem deste sistema de cimentação. O SBU é um sistema adesivo universal, podendo ser utilizado nas técnicas de condicionamento seletivo do esmalte, condicionamento total ou como autocondicionante. Apresenta ainda em sua composição silano, agente de união imprescindível para a adesão de cerâmicas vítreas, e o monômero 10-MDP (10-metacriloiloxidecil dihidrogenofosfato), o qual atua também como primer para cerâmicas cristalinas e ligas metálicas [1]. Estudo recente ainda não publicado [2] desenvolvido por nosso grupo de pesquisa confirmou que o SBU, mesmo sendo um sistema adesivo fotoativado, quando combinado ao RelyX™ Ultimate, pode ser aplicado na superfície interna das coroas e fotoativado juntamente com o cimento, sem afetar as suas propriedades adesivas. Todas essas características do SBU combinadas ao RelyX™ Ultimate garantem uma maior resistência adesiva a esse sistema. Sendo assim, em situações de preparos parciais (onlay, inlay, overlay) ou preparos totais com pouca retenção mecânica do preparo, isto é, altura abaixo de 5 mm e/ou muito expulsivos, o SBU associado ao RelyX™ Ultimate deve ser o sistema de escolha (Tabela 1).

      Sendo assim, a avaliação prévia do preparo (tipo de preparo: parcial ou total/ princípios mecânicos: altura e expulsividade) é uma etapa importante para determinar o agente cimentante ideal em cada caso clínico.

    Tabela 1 - Material restaurador e respectivos tratamentos de superfície previamente à cimentação adesiva com RelyX™ Ultimate/SBU e RelyX™ U200.

    Material Restaurador

    RelyX™ Ultimate + SBU

    RelyX™ U200

    Cerâmicas vítreas/ácido sensíveis (Feldspática, Feldspática reforçada com leucita, Dissilicato de lítio, Silicato de lítio reforçado com zircônia, cerâmica infiltrada por polímero)
    (Ex: Vita Mark II, Vita Suprinity e Enamic/ Vita; e.max CAD e e.max Press/ Ivoclar; Celtra Duo e Celtra Press/Dentsply; Rosetta/Hass)
    1º - condicionamento com ácido fluorídrico 5-10%
    2º - Single Bond Universal
    1º - condicionamento com ácido fluorídrico 5-10%
    2º - Silano
    Cerâmicas cristalinas/ácido resistentes (Zircônia, Aluminizada densamente sinterizada, A base de alumina infiltrada por vidro)
    (Ex: Lava™ Zirconia, Lava™ Plus, Lava™ Esthetic/ 3M; e.max Zir CAD/ Ivoclar; Cercon/Dentsply; Prettau, Prettau Anterior Zirkonzahn; Vita In-Ceram YZ, Vita YZ HT/Vita)
    1º - Single Bond Universal “Sem tratamento prévio”
    Resina nano-cerâmica, Resina indireta
    (Ex: Lava™ Ultimate e Paradigm MZ 100™/3M ESPE
    1º- Jateamento com óxido de alumínio (< 50 µm) - opcional
    2º- Single Bond Universal
    1º - Jateamento com óxido de alumínio (< 50 µm) - opcional
    Metal 1º - Jateamento com óxido de alumínio (< 50 µm) - opcional
    2º - Single Bond Universal
    1º - Jateamento com óxido de alumínio (< 50 µm) - opcional

    webLoaded = "false"
    • Conheça a seguir um caso clínico do Prof. Dr. Rodrigo Othávio utilizando o sistema de cimentação adesiva RelyX™ Ultimate / SBU.

    webLoaded = "false"

    Caso clínico Prof. Dr. Rodrigo Othávio


    Conheça mais sobre nossos produtos.


    webLoaded = "false"

    Espero que tenham gostado. Aguardem nossa próxima edição!

    • Claudia Almeida - Serviços Profissionais 3M Oral Care

    Referências

    1- Pereira LL,Campos F, Dal Piva AM, Gondim LD, Souza RO, & Özcan M (2015). Can application of universal primers alone be a substitute for airborne-particle abrasion to improve adhesion of resin cement to zirconia? The Journal of Adhesive Dentistry 17(2) 169-74.

    2- Araújo AMM, Januário ABN, Moura DMD, Tribst JPM, Özcan M, Souza ROA (2018). Can the Application of Multi-Mode Adhesive be a Substitute to Silicatized/ Silanized Y-TZP Ceramics? Accepted by Brazilian Dental Journal.