• As exigências do mercado de alimentos estão mudando. Você está preparado?

    fevereiro 17, 2020

    Analise Coliformes e E.coli simultaneamente e obtenha resultados em menos de 24 horas.

    Artigo desenvolvido por Felipe Zattar, especialista de microbiologia 3M Food Safety

    A Indústria de Alimentos vive um momento de mudanças bastante profundas, onde alguns aspectos vêm ganhando cada vez mais relevância. Nunca se exigiu tanto como agora, por exemplo: controle refinado de processos, aproveitamento total de recursos, além do gerenciamento íntegro e preciso das informações, provendo escalabilidade de forma ágil e em diferentes direções.

    Contudo, os conhecimentos e procedimentos clássicos, adquiridos e lapidados ao longo de mais de um século de produção de alimentos em larga escala, continuam tendo um papel fundamental para a operação e, portanto, seus benefícios devem ser protegidos para que as mudanças e melhorias continuem acontecendo sem comprometimento da Qualidade e da Segurança dos Alimentos. Um destes processos, as análises laboratoriais, geram informações para auxiliar o controle de processos, garantir a qualidade dos produtos e consequentemente proteger seus consumidores e sua marca.

    Ao analisar um caso clássico como a pasteurização em leite, desde os anos 1920 o grupo dos coliformes, do qual E.coli faz parte, vem sendo citado como um marcador para avaliar a condição sanitária. Esse mesmo grupo também possui grande importância no mercado de proteína animal e, mais uma vez, em alimentos processados ou manipulados, exatamente por indicar condições higiênicas falhas ou indícios de contaminação fecal, de origem intrínseca ou extrínseca ao processo, razão pela qual a análise de ambos os microrganismos é muito informativa, especialmente se for rápida e precisa.

    Porém, apesar da possibilidade de fornecer informações valiosas para a cadeia produtiva de alimentos e bebidas, as análises de coliformes e/ou E.coli representam um desafio para o time de Laboratório, por ser trabalhosa e demorada. Além disso, muitas vezes se refere a um grupo polêmico: nas metodologias e regulações europeias, o grupo de coliformes é definido de uma forma; já nas norte-americanas, o conceito é outro, de modo que, globalmente, a tendência regulatória é de que haja uma gradual migração para análises de Enterobacteriaceae e/ou E. coli, a depender do grupo de alimentos.

    Para as indústrias de lácteos e de processados, este fato pode representar um ganho ao pensar em soluções rápidas para análise de coliformes e E. coli, como é o caso do 3M Petrifilm para contagem rápida de E. coli (REC), capaz de dar uma informação precisa sobre a quantidade de ambos microrganismos em uma única análise após cerca de 18h, frente a uma metodologia tradicional que leva de 3 a 6 dias, dependendo das necessidades de confirmações bioquímicas..
    A placa REC, certificada internacionalmente pela AOAC (Association of Official Analytical Chemists) Internacional (PTM) e MicroVal, é um método analítico pronto para inoculação da amostra em suspensão, e que após a incubação diferencia as colônias de coliformes (castanho avermelhadas) e E. coli (azuis), fato este que aumenta a precisão e assertividade de interpretação desses microrganismos, garantindo resultados mais consistentes. Além de ser aplicável a uma ampla gama de alimentos (leite e seus derivados, rações, vegetais, etc.), amostras ambientais também podem ser analisadas por esta metodologia. Mais uma vez, a 3M demonstra pioneirismo em compreender a demanda da Indústria de Alimentos por informações precisas e ágeis, entregando uma metodologia de execução amigável e respaldada por entidades que atestam sua equivalência em relação à metodologia tradicional.

    Você se interessou pelo Petrifilm REC? Entre em contato conosco!